Feeds RSS
Feeds RSS

terça-feira, 6 de abril de 2010

Quando danço...


Quando danço é simples assim
sinto a alegria brotar em mim...
Quando danço sinto me transformar
como um botão de rosas a desabrochar...
Dançar pra mim é mais que diversão
Sinto todo oque sou como numa explosão
As sapatilhas dos meus pés já fazem parte
são como pincéis, a desenhar uma obra de arte
Arte... essa é a palavra certa que traduz
tudo oque eu sinto quando o som me conduz
A cada gesto, a cada passo que dou
Sinto minhas asas e abrindo para o vôo...
O vôo sobre as nuvens que imagino num universo sem fim
o vôo que me fez ser tão Simples assim

Lórah Cláus

4 comentários:

José disse...

Olá querida amiga Lórah, bom dia se não tiver a chover,há muito mau tempo no Brasil, no Rio de Janeiro falam já em bastantes mortos.
Está muito bonito o teu poema da dança, eu tenho uma netinha com seis aninhos anda aprendendo dança classica e também já dança nas pontas dos pés.

um beijinho, José.

Cíntia disse...

Hello baby... fuxicando por ai achei seu Blog adorei a postagem.."qndo danço"
vou seguir vc pod?
bjs te mais ^^)

Cizz disse...

Olá!
adorei seu poema! E como sou loka por fotos legais, tbm amei a fotinha do post!
BjxX

Irene disse...

Olá !!!

Prazer em conhecê-la.

Sua poesia é um encanto......cheguei a ter vontade de dançar. Falando em dança, esta é, realmente, uma arte digna de belissimos versos, tais quais esses que vc compos.
Parabens msm !!!!

Vou me colocar para segui-la.
Será um prazer conhecê-la melhor e receber suas visitas no meu blog, então, fique a vontade para ir ao meu cantinho sempre. Vou estar sempre por aqui tbm.

Se cuida !
abraçosssssss

Postar um comentário

Simples Assim...

É bem simples queridos.. diria bem Simples Assim
... SE gostou... Volte sempre..

Grande beijooo


Lorah Cláus