Feeds RSS
Feeds RSS

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Segunda vista

Esse ano eu vi muitas coisas,Coisas que me entristeceram...
Vi pessoas brigando pelo poder,
vi pessoas brigando por um pão
vi pessoas brigando por um querer
vi pessoas aumentando a destruição.
Eu vi gente sem ter oque comer
eu vi gente sem ter oque vestir
eu vi gente na miséria padecer
eu vi gente sem ter onde dormir.
Vi garotos nas ruas roubando
vi garotas nas ruas se prostituindo
vi garotos, vidas de outros tirando
vi garotas em boates se despindo
Eu vi drogas entrando no lar
eu vi vidas pelas drogas destruidas
eu vi mães vendo filhos se acabar
eu vi filhos se entragando as bebidas...


Mas neste ano eu também vi outras coisas, e estas me alegraram
Vi pessoas trabalhando pra valer
vi pessoas ajudando o irmão
vi pessoas tendo oque comer
vi pessoas dividindo o mesmo pão
Eu vi gente querendo aprender
eu vi gente sabendo se unir
eu vi gente vendo a vida renascer
eu vi gente aprendendo a sorrir
Vi garotos nas escolas estudando
vi garotas nas escolas evoluindo
vi garotos pelo bem se interessando
vi garotas nesse mundo progredindo
Eu vi o amor entrando no lar
eu vi vidas pelo amor reconstruídas
eu vi mãe vendo filhos se salvar
eu vi filhos retomando suas vidas...

7 comentários:

Cizz disse...

Óh, que lindo!
Foi vc que criou esse texto?
É realmente muito tocante...
eu achei mara!!
BjxX Flor
Boa Terça!

José disse...

Eu vi você escrever um poema
falando de coisas bem reais
e acho que vale sempre a pena
pois falar nunca será demais

beijos,
José.

♥MáH♥ disse...

Então minha amiga, vc viu o milagre da vida. Que bom que é assim...
Bjoo0

Cizz disse...

Tem selinho para vcs no meu Blog!

Laura Capelli disse...

Que lindo o poema! Seu blog é muito fofo, adorei!
Estou seguindo.
Beijos

José disse...

Olá Lórah! Passei para lhe deixar um beijinho de boa noite.
José.

Abraço-te disse...

E... Simples assim ...


Abraço-te

Postar um comentário

Simples Assim...

É bem simples queridos.. diria bem Simples Assim
... SE gostou... Volte sempre..

Grande beijooo


Lorah Cláus